Você já parou para pensar em todas as atividades executadas em um hospital? É preciso cuidar da entrada de pacientes, da triagem na emergência, da marcação de consultas e realização de cirurgias, por exemplo. Também é essencial ter os materiais disponíveis e atender às regras do setor de saúde. É por isso que a Gestão Hospitalar é tão importante.

Essa área envolve o gerenciamento de recursos, de pessoas e de atividades das mais diversas.

Assim, é possível cuidar da saúde dos pacientes e garantir o alcance dos resultados estratégicos. Para quem gosta da área e quer ter um cargo de administração, essa é a opção perfeita.

Para descobrir quais são as possibilidades para a sua carreira, veja como é o mercado de trabalho quando se fala de Gestão Hospitalar!

unicesumar_cta_1_3_modelos_de_curriculo_para_encher_os_olhos_das_empresas

Gestão Hospitalar: o que faz?

O nome da área já ajuda a revelar como são as atividades, não é?

Afinal, um gestor é o profissional que precisa coordenar e implementar projetos, além de administrar o uso e a alocação dos recursos. No caso hospitalar, é a mesma coisa.

Esse profissional é responsável por realizar o planejamento de ações para obter o funcionamento das questões hospitalares. Ele toma as decisões mais importantes, gerencia equipes e garante as melhores características para o empreendimento de cuidado com a saúde.

Além de entender sobre o cuidado humano, também tem conhecimentos sobre biossegurança, ética, gestão ambiental, atendimento humanizado e assim por diante.

Ao se formar na área, você será um profissional completo, com múltiplas funções e atuação estratégica.

Quem segue carreira nesse setor precisa fazer um curso tecnólogo. Essa é uma opção mais rápida que a graduação tradicional, sem deixar de envolver todos os temas essenciais para uma boa atuação.

Gestão Hospitalar: salário

Em relação aos salários, a Gestão Hospitalar pode ser muito atrativa. Como inclui várias responsabilidades, trabalhar no setor permite que você tenha ganhos diferenciados. Vamos conhecer os números!

O site Salario.com.br fez um levantamento e, com base nas informações de 79 profissionais, chegou à média de R$ 5.2 mil.

Porém, há áreas com ganhos ainda maiores. Os planos de saúde, por exemplo, podem pagar até R$ 6 mil.

Nas atividades de apoio à gestão de saúde, o valor ultrapassa R$ 12 mil!

Um bom estímulo para seguir carreira nessa área, não é mesmo?

Gestão Hospitalar: mercado

Ao falar nessa gestão, é comum logo imaginar que a atuação é restrita a hospitais. No entanto, diversos ambientes voltados para o cuidado com a saúde podem e devem ter um gestor hospitalar.

Clínicas médicas, laboratórios clínicos, maternidades e até casas de repouso ou centros de estética fazem parte do mercado de trabalho.

Quanto as suas possibilidades de carreira, também há muitas alternativas. A seguir, veja onde você poderá atuar ao concluir o curso de Gestão Hospitalar!

Gerente Hospitalar

A função mais comum é a de gerente. Se decidir atuar nessa vaga, você será responsável por coordenar ações, acompanhar resultados e antever problemas.

Por meio de decisões focadas nos objetivos do ambiente hospitalar, é possível conquistar o melhor desempenho.

Essa área é bem diversa e se divide em várias funções específicas.

Há gerentes hospitalares da parte operacional e outros do setor administrativo, por exemplo. Também há profissionais voltados para o polo de emergência, para o centro cirúrgico e assim por diante.

Analista de Auditoria de Contas Hospitalares

Ao se formar como gestor, você terá um conhecimento específico sobre o funcionamento das contas e das necessidades financeiras do estabelecimento. Então, poderá atuar na conferência e no gerenciamento dos valores.

Note que você não será um gestor financeiro e, sim, um analista. A atuação de supervisão é ainda mais fundamental, já que garante uma auditoria adequada e contas em dia.

Se você gosta de números, esse é um prato cheio para a sua carreira!

Coordenador de Estoque Hospitalar

Um bom hospital, clínica ou laboratório deve ter todos os insumos indispensáveis para a execução das atividades. Para ter a certeza que tudo estará disponível, há a atuação do Coordenador de Estoque Hospitalar.

Você poderá atuar no controle dos produtos e elementos necessários para o hospital, como luvas, itens de proteção e equipamentos.

Também atuará no gerenciamento da farmácia. Isso leva ao controle da entrada e da saída de medicamentos, comunicar os níveis paro setor de compras e evitar os desperdícios.

Gerente de Hotelaria Hospitalar

A maioria dos hospitais conta com a possibilidade de internação dos pacientes.

Isso significa que é preciso ter leitos disponíveis e ainda cuidar de todas as tarefas relacionadas à chamada hospedagem ou hotelaria. Como gerente dessa área, essa será a sua principal função.

É fundamental manejar o número de quartos ou leitos disponíveis e de acompanhar a liberação de quem esteve internado, por exemplo. Também é necessário cuidar dos serviços como limpeza do ambiente, serviços de alimentação e ações médicas específicas.

Com um bom direcionamento de recursos e de esforços, todos os pacientes ficarão satisfeitos!

Gerente de Enfermagem

É comum achar que, para trabalhar com a equipe de Enfermagem, é preciso ser formado na área. No entanto, a graduação em Gestão Hospitalar já permite que você atue nesse segmento, com uma atuação integrada completa.

Nessa função, é essencial administrar as equipes, garantir o bom direcionamento dos recursos e fazer com que todas as funções sejam cumpridas. Desse jeito, é possível disponibilizar a atuação dos enfermeiros da melhor maneira.

Gestão Hospitalar - mercado

Gestor de Equipe e Captação Médica

Além dos enfermeiros, um ambiente de cuidado com a saúde precisa de outros profissionais. Todos devem cumprir suas funções, atuar de forma integrada e oferecer um atendimento humanizado.

Na Gestão Hospitalar, você pode trabalhar com a gestão de equipes, como no gerenciamento de RH.

Também pode trabalhar com a captação médica.

Adquirir novos talentos para os serviços de atendimento especializado é essencial para trazer resultados cada vez melhores. Nessa função, você fica responsável por cuidar da atuação dos profissionais, por questões ligadas à valorização e retenção de talentos.

Gerente de Controle de Sinistro

Em um hospital ou em uma clínica conveniada, é preciso lidar com a acreditação dos planos de saúde. É essencial entender sobre rede credenciada, solicitações, autorizações e reembolsos.

O Gerente de Controle de Sinistro é quem fica de olho nesses pedidos e na relação com os prestadores de serviço. Desse modo, é possível garantir a manutenção adequada dos contratos.

Chefe de Manutenção Hospitalar

Como parte da atuação de qualidade, é essencial ficar de olho no cuidado com equipamentos e insumos, em geral. A manutenção acontece tanto de forma corretiva quanto preventiva, de modo a evitar problemas e diminuir os custos.

Se preferir, há a chance de atuar como Chefe da Manutenção Hospitalar. Você será o responsável por definir como devem ocorrer os cuidados com os equipamentos, quais pontos observar e o que é prioridade.

Desse jeito, dá para garantir o total funcionamento dos componentes, de acordo com o necessário!

Diretor Hospitalar

O cargo mais alto na carreira de Gestão Hospitalar é o de diretor.

Nessa função, você terá uma visão ampla de todo o negócio e será responsável pelas etapas. Porém, a principal atividade consiste na coordenação dos times e das lideranças, para garantir que tudo funcione corretamente.

Também participará das reuniões de Conselho Administrativo, bem como das decisões sobre o futuro do empreendimento. Com uma atuação profissional e de alta qualidade, é possível aumentar as chances do negócio se dar bem e conseguir cada vez mais pacientes!

Gestão Hospitalar: um grande horizonte de oportunidades

A Gestão Hospitalar é essencial para que as clínicas e os hospitais funcionem como conhecemos. Ao fazer a graduação em uma boa faculdade, você poderá aproveitar as diversas possibilidades do mercado de trabalho!

E para se destacar ao buscar uma vaga, baixe nossos 3 modelos de currículos gratuitos para chamar a atenção dos recrutadores!

cta_2_curriculo